Polícia Civil e OAB/AC alinham ações estratégicas de segurança

0
17

O delegado-geral de Polícia Civil do Acre, Josemar Moreira Portes, recebeu na tarde desta quarta-feira, 14, na sede da Polícia Civil do Acre, a visita institucional de representantes da Ordem dos Advogados do Brasil-Seccional Acre (OAB/AC) e da Caixa Auxiliadora do Advogados do Acre (CAA/AC), entre eles o presidente da OAB, Thiago Poersch; da presidente da Comissão de Defesa, Assistência e Prerrogativas da OAB/AC – CDAP, Viviane Nascimento  e da secretária-geral de Prerrogativas, Gicielle Rodrigues de Souza, para alinhamento de ações de interesse mútuo das instituições.

Durante a visita, a diretoria da CAA foi recebida pelo delegado-geral Josemar Portes, pelo diretor de Polícia Civil da capital e do interior (DPCI), delegado Cristiano Bastos, e pelo diretor administrativo (DAG), Renan Biths. As tratativas foram discutidas para a disponibilização de espaço, em parceria com a OAB/AC, dentro da Delegacia Central de Flagrantes (Defla) para que os advogados que militam na área criminal possam ter uma base onde possam acompanhar a situação de seus clientes, eventualmente conduzidos, e possam também peticionar com toda sustentação para o exercício da advocacia o mais próximo possível de onde está ocorrendo o procedimento por parte da Polícia Civil.

Encontro aconteceu na cede da Polícia Civil do Acre Foto: Polícia Civil

Outro ponto abordado durante a visita foi a implantação da lavratura do auto de prisão em flagrante por vídeo conferência que terá como projeto-piloto a região do Alto Acre, com início previsto para o mês de novembro. As tratativas já estão em andamento com o Tribunal de Justiça do Acre (TJAC), Ministério Público (MP) e OAB/AC. A base do projeto funcionará de forma virtual onde o flagrante terá um acompanhamento de um delegado presidindo o procedimento com a utilização dos meios tecnológicos.

De acordo com delegado-geral, Josemar Portes, a implantação do espaço facilitará a atuação do advogado militante da área criminal.  “Estamos alinhando com os operadores de segurança algumas formas que vão facilitar o trabalho de todas as instituições. A implantação da lavratura do flagrante por vídeo conferência na região do Alto Acre será piloto e o uso tecnológico nos dará celeridade na condução desses flagrantes de forma remota, o que se materializará de maneira plena em todo o estado em breve espaço de tempo”, salientou Josemar Portes.

Segundo o delegado-geral, a reunião teve como finalidade afinar o trabalho conjunto que vem sendo desenvolvido e a busca constante pelo fortalecimento das instituições, que visam sempre a supremacia do interesse público: “Nada mais justo do que buscarmos uma união de forças para obtermos êxito, sobretudo no combate à criminalidade”, afirmou o delegado.

A atuação da Polícia Civil e da OAB/AC tem sido de fundamental importância para a harmonia do trabalho das instituições, cada uma cumprido com seu papel. A Polícia Civil busca confeccionar inquéritos com provas indeléveis e que estes sejam encaminhados ao Tribunal de Justiça, facilitando o trabalho advocatício como também o trabalho do Judiciário, tanto na análise quanto no processo de julgamento.

Reportagem: Sandro de Brito / Acre

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui