Pacientes do Hospital Delphina Aziz participam do projeto ‘Dia do Desejo’

0
26

FOTOS: Aleandra Cruz/Delphina Aziz
FOTOS: Aleandra Cruz/Delphina Aziz

Objetivo é proporcionar bem-estar aos pacientes diferenciando a rotina da dieta

A gestão assistencial do Hospital Delphina Aziz realizou, na última sexta-feira (23/04), o piloto do projeto “Dia do Desejo”, que tem o objetivo de proporcionar bem-estar e diferenciar um pouco a rotina na dieta dos pacientes internados na unidade.

A ideia partiu da parceria das equipes de nutrição da empresa OZN Health, concessionária responsável pela gestão dos serviços não assistenciais da unidade e da nutrição do Instituto Nacional de Desenvolvimento Social e Humano, responsável pela gestão assistencial da unidade.

A supervisora da nutrição clínica do hospital, Cassia Keller, esclarece que o intuito é levar uma opção diferenciada da alimentação rotineira dentro do ambiente hospitalar e proporcionar bem-estar ao paciente para que ele se sinta acolhido.

“Após essa experiência, a equipe de nutrição irá disponibilizar um questionário para que os pacientes relatem a sensação que tiveram ao ter seu desejo realizado. Nesse primeiro momento, o projeto vai contemplar primeiramente os andares clínicos, iniciando pelo 2º andar do hospital”, disse.

Segundo a supervisora, o projeto levou em consideração o quadro clínico do paciente, e a equipe optou por iniciar o projeto oferecendo opções de sobremesa. “Os pacientes tiveram a opção de escolher entre três sobremesas. Nesse processo levamos em consideração a patologia do paciente e o tipo de dieta já oferecida a ele, tudo isso em conjunto com a equipe médica, para que fosse feita a liberação da sobremesa”, explicou.

Qualidade de vida – Para a nutricionista Lia Cheneaux Cerdán, que é gestora do Setor de Nutrição e Dietética da OZN Health, a importância da parceria de multiprofissionais na realização desse projeto colabora para a qualidade de vida do paciente.

“É muito gratificante saber que podemos ajudar a melhorar o dia dos pacientes, que são pessoas que estão passando por momentos muitos difíceis, estressantes, e que só estão querendo um pouco de carinho. E esse carinho, a gente pode transmitir através de uma alimentação diferente. Ficamos muito felizes em poder ajudar”, enfatizou.

De acordo com as nutricionistas, vários profissionais foram mobilizados para que também fosse contemplada a segurança alimentar do paciente. “A dieta do paciente é individualizada conforme a prescrição médica, e temos que levar em consideração esse quadro. Por esse motivo, os médicos, enfermeiros e nutricionistas se envolveram nesse processo de avaliação para a realização do projeto”, relatou Cassia.

Nesse primeiro momento, 40 pacientes participaram do projeto. Na próxima sexta-feira (30/04) mais um andar clínico será contemplado. “Para oferecer qualidade no objetivo do projeto, que é a realização do desejo do paciente, decidimos realizar a ação por andar clínico, assim conseguiremos atender adequadamente os nossos pacientes”, ressaltou Lia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui