Oposição chilena apresenta acusação para destituir Piñera pelo caso Pandora Papers


Carta Capital – Deputados de todos os partidos da oposição chilena apresentaram nesta quarta-feira, 13, ao Congresso uma acusação para destituir o presidente do país, Sebastián Piñera, pela polêmica venda de uma mineradora em um paraíso fiscal revelada no caso ‘Pandora Papers’.

O presidente Piñera usou “o cargo para negócios pessoais”, afirmou o deputado Tomás Hirsch ao apresentar a acusação na Câmara, primeiro passo de um processo de destituição que pode demorar várias semanas.

Esta acusação constitucional, que segundo o presidente conservador chileno “não tem fundamento algum”, se soma a uma investigação penal aberta pelo Ministério Público há cinco dias pela mesma operação: a venda em 2010 da mineradora Dominga por parte de uma empresa dos filhos de Piñera quando ele estava em seu primeiro mandato (2010-2014).

Leia a íntegra na Carta Capital

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *