Policias Civis prendem técnico de enfermagem vendendo medicamento abortivo

O acusado foi abordado pelos policiais no bairro Jóquei Clube

A PCRR (Polícia Civil de Roraima) por meio dos agentes do NI (Núcleo de Inteligência) prendeu em flagrante, nesta terça-feira, (02), o técnico de enfermagem J. B. D. R. J, 46 anos, acusado de crime contra a saúde pública.

De acordo com a diretora do Denarc (Departamento de Narcóticos) delegada Darlinda Moura, plantonista do GRI (Gripo de Resposta Imediata), o técnico de enfermagem estava sendo investigado pelos agentes do NI, por suspeitas de está comercializando medicamento abortivo.

“Durante as diligências o acusado foi abordado pelos policiais no bairro Jóquei Clube, no momento em que realizaria a venda de remédios abortivos para uma mulher. Aos policiais a mulher confirmou que o acusado estava vendendo a ela os remédios”, disse a delegada.

 “Os dois foram conduzidos até a Central de Fragrantes. J. B. D. R. J., preferiu ficar em silêncio, mas constatamos que o medicamento é importado, com suspeitas de ter sido introduzido no Brasil via Venezuela clandestinamente”, destacou Darlinda.

 Contra o técnico de enfermagem foi lavrado um APF (Auto de Prisão em Flagrante) por venda de medicamento sem autorização da Vigilância Sanitária e de procedência ignorada. Ele será apresentado à Audiência de Custódia nesta quarta-feira, 03.

 Conforme a delegada a mulher não praticou nenhum ilícito até o momento, mas ela será investigada para saber se anteriormente já havia comprado a medicação para auxílio ao aborto ou se realizava a revenda de medicamentos. Após prestar os esclarecimentos ela foi liberada.

Polícia Civil RR

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.